Você é amador ou profissional?

Andre Agassi é um tenista que odeia jogar tênis. Embora seja um atleta com várias medalhas e troféus na mão, ele não é a única celebridade a admitir que odeia a profissão que o tornou rico e famoso. “Eu jogo tênis para ganhar a vida embora eu odeie, sempre odiei como uma paixão sombria e secreta”, revela Agassi já nas primeiras páginas da sua autobiografia.

Agora você para um pouco e pensa: como é que um jogador bem-sucedido pode ter ódio por aquilo que o trouxe tanto reconhecimento e dinheiro?

A resposta é simples: profissionalismo. 

TALENTO OU EMPENHO?

Eu trago esse exemplo aqui para mostrar que um dos mais prestigiados esportistas do mundo não precisou de dom, vocação ou fascínio para conquistar o topo. Agassi soube identificar a diferença entre ser amador e profissional!

Infelizmente não dá para controlar o nível de talento com o qual cada um de nós nasce. Todavia, é possível administrar disciplina, dedicação e motivação. E mais: é importante trabalhar duro e de maneira inteligente.

E é aí que está a diferença entre uma pessoa amadora e profissional: a última nunca desiste, é consistente e tem autovalidação – a capacidade de julgar de maneira racional o trabalho que faz. 

“O aspecto mais importante da arte é o trabalho. Nada importa mais do que sentar todo dia e tentar”, afirma o escritor Steven Pressfield no livro A Guerra da Arte. 

AMADORISMO X PROFISSIONALISMO

Portanto, profissionalismo tem tudo a ver com foco, determinação, cumprir prazos, atingir metas e saber gerenciar as prioridades. Já o amadorismo consiste em distração, procrastinação, desmotivação, atraso e preferência pelo que for urgente. “Amadores têm hábitos amadores. Profissionais têm hábitos profissionais”, acrescenta Pressfield em seu outro livro: Turning Pro.

Por sinal, ao falar em tipos de profissionais, também dá para dividir os empreendedores em duas categorias: os que estudaram e aqueles que não tinham outra opção a não ser empreender. Todos os dois grupos têm a capacidade de obter sucesso mas o que vai garantir esse resultado positivo é o esforço que cada um põe no seu negócio.

Sendo assim, aprenda sete passos para se tornar uma empreendedora mais disciplinada e profissional:

  1. Escreva tudo que precisa fazer em uma única página – isso proporciona confiança e clareza nos seus objetivos;
  2. Procure motivação e inspiração em simples elogios (não desista);
  3. Procure sempre trocar de posição – tente entender não só o seu ponto de vista, como também o dos seus clientes;
  4. Faça um excelente trabalho – surpreenda o seu público;
  5. Não seja perfeccionista – saiba reconhecer um bom trabalho (autovalidação);
  6. Cumpra as suas promessas (seja consistente);
  7. Dê aos seus consumidores algo para compartilhar – nunca esqueça do incrível poder do boca a boca!

E você, se considera uma pessoa amadora ou profissional? Escreva aqui nos comentários!

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close